Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

Desmistificar a área de cirurgia do aparelho digestivo e estimular a atualização médica sobre o tema no Estado. Foi com esta premissa que a quinta edição do "Gastrinho", realizado na última sexta (11) e sábado (12), em Cuiabá, proporcionou um intercâmbio acadêmico, com importantes módulos de conhecimento, em prol de discutir os avanços e desafios na área.

O evento reuniu cerca de 150 alunos e 32 especialistas em 37 palestras e diversas atividades – entre elas, a divulgação de trabalhos acadêmicos e um mutirão para cirurgias de correção de hérnia inguinal para o aprimoramento da técnica de Liechtenstein por médicos mato-grossenses.

Promovido pelo Hospital Santa Rosa – por meio do Programa de Residência Médica Centro de Estudos Dr. Cervantes Caporossi – em conjunto com a Liga de Cirurgia do Aparelho Digestivo (LCAD) da Unic e o Colégio Brasileiro de Cirurgiões – Secção Mato Grosso (CBC-MT), o "Gastrinho" reforçou o alerta para a importância da educação continuada na área da saúde.

Como atividade pré-congresso, um mutirão de cirurgias para correção de hérnia inguinal foi realizado na sexta. Três cirurgiões passaram pela formação, realizando com demais corpo médico 17 cirurgias. "Assim, formamos um grupo de instrutores para que, no futuro, possam passar esses ensinamentos para os outros profissionais. Criando, dessa forma, um programa de educação continuada", destaca o doutor em medicina cirúrgica, Rodrigo Altenfelder Silva.

Pensamento reiterado pelo especialista em cirurgia geral e do aparelho digestivo, Maurice Youssef Franciss. Conforme ele, além da atualização constante, cada cirurgião tem que descobrir uma técnica com que ele se sinta mais apto e confiante. "Nenhuma técnica é superior à outra. O certo é fazer a cirurgia que o paciente precisa e saber fazer corretamente", enfatiza Maurice.

Tanto Altenfelder quanto Maurice são professores da Santa Casa de São Paulo e estiveram presentes em Cuiabá como representantes da Universidade da Califórnia (UCLA), convidados para o "Gastrinho" e para o treinamento de cirurgiões em procedimentos de correção de hérnia inguinal pela técnica de Liechtenstein – que é considerada pela literatura médica o padrão-ouro nesse tipo de cirurgia.

Com miniconferências de alto nível e temas atuais, o programa "Gastrinho" também contou com a presença do membro do conselho da International Gastric Cancer Association e da Associação Brasileira de Câncer Gástrico, o doutor em medicina (cirurgia) Paulo Kassab – que participou do módulo de Oncologia e Clínica Cirúrgica ao abordar temas relativos ao câncer gástrico.

Assim como, entraram em cena durante o evento pautas como "Pré e Pós-operatório", "Propedêutica Laboratório e Imagem", bem como temáticas envolvendo aspectos relativos às cirurgias de "Esôfago e Estômago", "Fígado", "Pâncreas" e "Coloproctologia".