Fotografo: Assessoria
...
Sem Legenda

No último dia 2, o prefeito João Balbino  e a vereadora Selma Anzil  acompanhados do secretário de infra-estrutura  de Rosário Oeste, Maxmar César participaram de uma reunião com o secretário (estadual) adjunto de Obras Rodoviárias, Nilton de Brito e com o deputado estadual em exercício Toninho de Souza (PSD).

De acordo com informações da assessoria são aproximadamente 90 pontes de madeiras que estão danificadas em Rosário Oeste. Na reunião a comitiva rosariense admitiu e reconheceu  que a ponte mais crítica está no Assentamento da Forquilha do Rio Manso, a qual tem cerca de 117 metros e fica na divisa com Nobres.

Na reunião o deputado Toninho ponderou que todas as pontes de Rosário Oeste estão em estado crítico e necessitam de uma urgente intervenção do estado na recuperação das mesmas, observando a necessidade de todas serem feitas de concretos para uma maior durabilidade.

Em sua fala, na reunião, o prefeito João Balbino, reconheceu que as pontes e as estradas vicinais estão intrafegáveis  e que a atual situação das mesmas, estão impedindo  a escoação da produção  dos produtos produzidos pelos  produtores rurais dos assentamentos de Rosário Oeste.

“Precisamos de pontes e estradas trafegáveis para transformar essa produção em divisa e renda”, afirmou João Balbino.

A vereadora Selma Anzil, seguindo a linha de raciocínio do prefeito João Balbino,  reconheceu que as pontes de Rosário Oeste, atualmente não possuem nenhum tipo de estrutura ou segurança,  ressaltando que a ponte sobre o Rio Cuiabazinho, que divide Rosário Oeste com Nobres, deve  ser a primeira a receber recursos para a recuperação de sua estrutura.

“Essa ponte é de vital importância e a região merece uma estrutura que ofereça segurança ao tráfego”, pontuou a vereadora.

A poucos meses a frente da secretaria municipal de infra-estrutura , Maxmar César, relatou aos presentes que a ponte que fica na divisa com o município de Nova Brasilândia cedeu e que só não rodou rio abaixo, graças a intervenção rápida do Governo do Estado, que devolveu a segurança e a trafegabilidade aos moradores das duas cidades.

O secretário adjunto de Obras Rodoviárias, Nilton de Brito, disse a comitiva rosariense que não mediará esforços para conseguir “parcerias para que Rosário Oeste possa receber kits de doação para a construção de pontes de concreto”.

Ao final da reunião o deputado em exercício Toninho de Souza gravou um agradecimento nominal  a comitiva rosariense, literalmente ignorou a presença de Maxmar César na sala, mesmo ele estando sentado praticamente  em frente dele.

Não se sabe o motivo, que o deputado Toninho ignorou o secretário Maxmar César, mas o seu desapontamento e o constrangimento por ter sido esquecido nos agradecimentos são visíveis no vídeo que circula pelos grupos de watssap, o qual o próprio deputado compartilhou.

O Rosário Notícias tentou entrar em contato com o deputado Toninho de Souza, para comentar o fato dele não citar o secretário Maxmar César em seus agradecimentos, mas até o fechamento desta matéria, o social democrata não havia retornado as nossas mensagens deixadas via watssap.

(Com Informações da Assessoria)