Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

 Alguns vereadores de Rosário Oeste, trocaram “farpas” logo após o término da sessão realizado último dia  24, quando os vereadores Acássio Roberto da Cruz e Benvindo Pereira, ambos do PSDB,  estavam dispostos a  votarem contra o pedido de vista ao Projeto de Lei nº 013 , de autoria do Poder Executivo, feito pelo vereador Marco Araújo, que também pertence ao PSDB de Rosário Oeste.

Segundo uma pessoa que presenciou o “bate – boca” entre alguns vereadores,  logo após a sessão, foi que os vereadores Benvindo Pereira e o Acássio Roberto estavam com o desejo de votar contra o pedido de visto do colega de partido, porém como tinha alguns sites cobrindo e transmitindo a Sessão pelas redes sociais e também devido a presença de um grupo de agentes de endemias estarem presentes, os mesmos desistiram de se manifestarem contra a propositura do vereador Marco Araújo.

Também segundo, esta pessoa que testemunhou a discussão entre os vereadores que por alguns deles falarem um pouco acima do tom habitual, era possível escutar o “bate-boca” tanto na recepção como no plenário da Câmara.

O Rosário Notícias teve acesso ao texto original do Projeto 013, que será votado na próxima sessão , que será  no próximo dia 14 de junho.,

Questionado pelo Rosário Notícias sobre o motivo do pedido de vista, Dr. Marco disse que esse projeto apesar de ser constitucional, é mais um ato imoral de uma gestão hipocrita, não concede RGA aos funcionários sob a justificativa que não tem recurso e não para de inchar as despesas municipais com criação de cargos sem necessidade nenhuma, contratos, convênios e por aí vai, além disso, desrespeitando o estatuto do conselho municipal de saúde, a criação de um cargo na secretaria de saúde, tem que ter o aval do conselho de saúde, e esse projeto não tem, com esse pedido de vista, teremos tempo para que o conselho de saúde avalie esse projeto ou então quem sabe o prefeito peça a retirada desse projeto imoral, completou o vereador Dr. Marco Araújo.

Tentamos contato com a assessoria de imprensa da prefeitura, não obtivemos resposta.